5 ou +

5 ou +

Essa semana então é o show de lançamento do “Caminho”, meu terceiro trabalho com músicas autorais.
Um verdadeiro mar de sentimentos, a paixão pela música misturada com a necessidade de cantar/dizer algumas coisas, mais a luta eterna que é seguir nessa profissão, mais o apoio e o abraço de inúmeras pessoas…
Junto com isso tudo o fechamento de mais um ciclo e todos os pensamentos que isso traz.
Essa semana é show de lançamento do meu terceiro disco e esses “tempos” me deram ideias e assuntos para mais
uns 5 novos trabalhos. Farei!!

Rafa Malenotti e o Caminho

Rafa Malenotti e o Caminho

Rafael Malenotti e a Acústicos & Valvulados é referencia desde as minhas primeiras bandas, isso lá no final dos anos 90. Depois, por sorte e uma ajuda dos “Deuses do Rock” tive alguns anos aulas práticas de rock n’ roll com os caras, trabalhei com a banda na turnê “Acústico Ao Vivo e a Cores”… bom, são muitas histórias, muita inspiração.
No “Caminho” Rafa gravou a faixa “Ela Sabe Sabe” e com isso tive uma das grandes alegrias na minha história com a música.


Quem conhece o Rafa pessoalmente sabe o coração gigante que esse cara tem e paixão que ele carrega pela música, pelo rock. Quem acompanha o trabalho dele conhece um dos maiores “bandleader” do rock nacional.
Rafa obrigado por essa honra, obrigado por abraçar e alimentar o meu caminho.

Capítulo #2 – Daniel Seimetz

Capítulo #2 – Daniel Seimetz

Não é à toa que o Dani é um dos bateras mais requisitados da nossa região.

Além da grande facilidade e naturalidade para transitar entre diferentes estilos musicais, “Danihell” é muito criativo e disposto, ele  carrega a “gana” pela música autoral, a dedicação e o respeito que esse mundo exige.
Tenho certeza que todos os músicos, todas as bandas que esse “doce trevoso” dos grooves  faz parte, sentem a mesma admiração.

Dani, obrigado, pelas notas, pelos toques, pelas ideias, pelos ensinamentos.
Obrigado  por fazer parte do “Caminho”.
Sou eternamente grato!!!

Meu caminho é sobre família e amigos

Meu caminho é sobre família e amigos

Daí tu acorda querendo escrever algumas canções…
Daí tu vai dormir querendo gravar essas canções…
Daí tu decide que vai fazer, mas ainda não sabe como…
Daí a tua família abraça as tuas ideias e teus sonhos…
Daí tu reúne os teus amigos e grava essas músicas
Daí tu convida teus professores e eles gravam nas tuas músicas
Daí tu pede uma mão para mais amigos e eles te dão o braço inteiro.
Tu te emociona, tu te assusta, tu te desafia, tu aposta, tu briga, tu bate o pé, abre mão, aprende, reaprende e teus amigos e família ali, juntos.
Daí tu pensa em uma capa, algo que transmita as tuas ideias e teus sentimentos gravados nas músicas
Daí teus amigos te ajudam, abraçam tuas ideias e desenham teus sonhos
Teus amigos e tua família  seguem ali, juntos.
Daí tu pensa em fazer lindas fotos e um lindo material de vídeos e clipes
Daí teus amigos abraçam a ideia e fazem tu vibrar tamanha dedicação.
Dai tu fica nervoso, se assusta porque tanta gente te alimenta e acredita em ti.
Daí tu acorda pensando em um show  de lançamento
Daí tu decide fazer o tal show de lançamento, mas ainda não sabe como
Daí tu vai dormir sonhando com um lindo show de lançamento.
Daí a tua família e amigos abraçam as tuas ideias e teus sonhos…
Daí tu te emociona, tu te assusta, tu te desafia, tu aposta, tu briga, tu bate o pé, abre mão, aprende, reaprende e teus amigos e família ali, juntos…

Amanhã vai ao ar o disco “Caminho”, meu caminho é sobre família, amigos e sonhos.
Em agosto será o show de lançamento.

 

 

 

 

“A Balada Doce” – VIDEOCLIPE

“A Balada Doce” – VIDEOCLIPE

Desde o começo tive vontade de lançar “A Balada” como 1° single do novo trabalho.
Então antes mesmo do final das gravações eu já vinha pensando no clipe dela.
Depois de inúmeras ideias, algumas meio bizarras, outras inviáveis, Diego Scheid e eu conseguimos chegar em uma ideia que representasse de forma direta e simples a mensagem da letra, mas também o tipo de textura, cores e sentimento que eu sinto com essa música e com todo novo trabalho.

Boa parte da minha alegria e gratidão ao trabalho do Diego é justamente por isso, ele simplesmente transmitiu em imagens e com muita fidelidade o que sinto ao tocar e cantar essa música. Durante várias sessões das gravações e também nos ensaios eu me pego “viajando no som”, exatamente como está no clipe. Coloco meus fones de ouvido, deixo o som rolar, sinto e transbordo. Sinto-me no palco, me desligo do mundo, guitarra, baixo, bateria, público, solos de guitarra imaginária. A música faz isso comigo desde criança e cada vez mais.
Ao mesmo tempo penso na letra e no que senti quando escrevi, problemas, situações complicadas acontecem, mas com calma e respeito as coisas se resolvem e com toda certeza “dias melhores estão por vir…”

Diego Scheid e eu definimos a ideia, depois separamos cenas e ações que iriam acontecer durante a primeira parte do clipe até a “viagem musical” da segunda parte.
Escolhemos a locação e depois esperamos um lindo dia de sol. Não foi fácil, pegamos uma sequencia de dias nublados, o que atrasou um pouco as gravações e deixou o nosso prazo meio apertado. No fim deu tudo certo e o resultado é esse que publicamos na quarta passada.

A direção/filmagem/fotografia/edição/publicação é do Diego Scheid, conceito e roteiro Diego e eu.
Tivemos o apoio técnico e imprescindível do Álvaro Paz, Berta Wilbert, Iara Sander, Júlia Scherer.
Apoio e estrutura Amanda Figueira, Daniel Wilbert(te devo duas camisetas novas) e Lucas Teixeira (obrigado pelo lindo fuscão azul)
Os atores convidados são Berta e Cassiano Ricardo Saraiva

Nós produzimos, gravamos e editamos durante o mês de maio desse ano. As cenas foram gravadas município de São Francisco de Paula na estrada que liga São Chico/Canela.

Deixo mais uma vez o meu agradecimento a todos que ajudaram e participaram, vocês são incríveis e sou muito grato pelo carinho que abraçaram essa ideia.
Ao Diego eu digo: gênio!

“A Balada Doce” MÚSICA

“A Balada Doce” MÚSICA

A música foi composta em 2013 e é uma das responsáveis pelo “estalo” de produzir esse novo trabalho.
A ideia/vontade era misturar de forma bem direta as minhas influencias, o rock, o pop rock e o blues. Também o meu fascínio por corais da música gospel americana.

Ela tem Daniel Seimetz na bateria, Thiago Heinrich no baixo, Adriano Dias guitarra, Álvaro Paz no Hammond e Wurlitzer. Mariane Oliveira e Álvaro Paz na percussão, eu toquei guitarra e violões.
Os backing vocals são da Caro Pierotto e da Maiya Sykes.

Bateria, baixo, guitarra e vocal foram gravados no estúdio do TH Audioworks por Thiago H.
Teclados foram gravados no Estúdio Do Arco e produzidos por Luciano Leães;
Os vocais da Caro e Maiya foram gravados no estúdio do Grecco Buratto em Los Angeles e produzidos por ele.
Produção geral, mixagem e masterização é do Thiago no TH Audioworks

Que alegria ter essas pessoas tão especiais junto comigo.
Que honra!!!!